Les Parfumes ~ Grasse [LV Diary]

A viagem continua, e depois de Madrid, a paragem seguinte foi o sul da França, a capital dos perfumes – Grasse. Mais uma prova superada com frutos que o dinheiro não paga. Foi com muito esforço e dedicação que consegui uma posição no Top 50 dos melhores performances de perfumes da região EMEA. Um feito que não poderia tem alcançado sem o suporte da minha equipa ao qual chamo família. A recompensa deste feito ficará gravada na minha memoria com notas de Jasmim de Grasse, Tuberose e Rosas de Maio. Para além de ter uma visita privada à ‘Les Fontaines Parfumées’, tive a oportunidade de criar a minha própria fragrância com o auxilio do mestre perfumista Jacques Cavallier. Esse mesmo mestre perfumista responsável pela criação de todos os perfumes Louis Vuitton. Foi uma enorme honra ter vivido esta experiência única de não só aprofundar o meu conhecimento daquilo que é a alquimia de produzir um perfume, como também apreciar todas as heranças passadas de geração em geração. Pois esse é um dos mais grandiosos valores da Louis Vuitton (LV). A herança do conhecimento e savoir faire que se transporta e atualiza do passado ao presente. Mas é de sonhos que o futuro é feito, e foi exatamente isso que se realizou. O sonho de conhecer, ver e viver mais deste universo que é a LV. Esta viagem passou também pelos campos onde estas flores especiais são plantadas e exclusivamente colhidas para a produção dos perfumes LV. As condições climatéricas e a terra fazem de Grasse um lugar singular, no mundo, no que toca à produção de flores com cheiros únicos. Entre atividades, descoberta da cidade de Grasse e muitos cheiros, estes três dias fizeram-se curtos e o regresso foi inevitável, mas bom! Pois o Oli que foi não foi o mesmo o que voltou. À continuação no próximo capítulo…


Seguir:
Oli de Oliveira

Find me on: Web | Twitter

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *