http://bit.ly/1BqtHPK

É tudo uma questão de visão. Algo vindo do nada mas que trás inspiração. Algo que faz com que o meu coração disparar e à necessidade enorme de captar o momento se instala. Á procura de novos lugares para futuros editoriais num dia ensolarado em Londres, perdi-me em torno dos detalhes a meu rededor. Um experiência vibrante entre mim e os vários objetos. Formas geométricas, céu azul perfeito, sombras e sobreposições sobre uma luta entre betão e vidro. Londres tu és linda. Quantos aviões consegues ver?

 

 

Sem mais artigos